banner da disciplina educação especial.j

Essa é a sala da disciplina Introdução à Educação Especial. Aqui você encontra o material da disciplina, além do acesso à sala das atividades síncronas no google meet.

google-meet.jpg
Clique na imagem para
entrar na sala de aula
Videoteca da Disciplina
Assista aos vídeos para complementar sua compreensão sobre os temas da aula.
Vídeo 1 
Vídeo 3 
Vídeo 4 
Vídeo 2 
tipos-de-deficiencias.jpg

Acesse para complementar os estudos sobre o tema da aula 4

livro hist´ria do braile.jpg
SUDOCEGUEIRA.jpg

Livro completo para ser baixado

Vídeo 5 
Equipes de trabalho
Equipe A

INCLUSÃO DE PORTADORES DA SIMDROME DE DOWN;

Apresentação - 08/04

Maycon
Emanoel
Giselli
Jonas
Alex
Johne
Max
Rosinaldo
Equipe B

OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA E SEUS DESAFIOS NA ESCOLA;

Apresentação - 29/04

Isane
Ben Jhonson
Cleison
Delma
Jaqueline
Rafaela
Samanta
Sammya
Equipe C

OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL E SEUS DESAFIOS NA ESCOLA;

Apresentação - 13/05

Ângelo
Danielle
Mony
Rita
Amanda
Pascoal
Geovane
Suzane
Equipe D

OS DESAFIOS NA ESCOLARIZAÇÃO DE ALUNOS AUTISMO;

Apresentação - 27/05

Heloisa Santos
Jaise
Renan
Regiane
Beatriz
Alessandra
Emanuelle
Ramon
Douglas
Textos para Resumos

Para o estudo de texto e a produção do resumo, vamos utilizar os livros a seguir e de acordo com o seu número na frequência, terá o capitulo descrito para estudar. 

Apresentação
capa do livro de estudos.jpg

A coletânea O professor e a educação inclusiva: formação, práticas e lugares é resultado das palestras, proferidas por convidados, em 2011, durante a realização do III Congresso Baiano de Educação Inclusiva e I Simpósio Brasileiro de Educação Inclusiva, organizados pelas seis universidades públicas no Estado da Bahia – Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) –  sob  a  liderança  do  Grupo  de  Pesquisa

Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais (GEINE), do Programa de Pós- -Graduação em Educação da Universidade Federal da Bahia (PPGE/UFBA), em que participaram profissionais de vários estados brasileiro.

Esta obra tem como questão central: quais sentidos, significados e intencionalidades, vêm se materializando na formação, na prática e nos lugares de atuação do professor, para atuar na perspectiva da educação inclusiva?

Clique na figura e
baixe o livro
Número 1 -  
Formação docente e práticas pedagógicas Conexões, possibilidades e tensões
Número 2 -  
Reflexões sobre a formação de professores com vistas à educação inclusiva
Número 3 -  
Educação inclusiva e preconceito Desafios para a prática pedagógica
Número 10 -  
O ensino de ortografia para crianças cegas
Número 11 -  
O uso de jogos pedagógicos e recreativos com pacientes pediátricos do Hospital Universitário Professor Edgard Santos
Número 12 -  
Comunicação alternativa, autismo e tecnologia
Número 4 -  
Vygotsky e a concepção sócio-histórico cultural da aprendizagem
Número 5 -  
Formação de professores e educação inclusiva frente às demandas humanas e sociais Para quê?
Número 6-  
Trajetória de um grupo de pesquisa da Universidade do Estado da Bahia
Número 7 -  
O grupo de pesquisa em educação inclusiva e necessidades educacionais especiais do PPGE/ UFBA
Número 13 -  
Tecnologia Assistiva e salas de recursos - Análise crítica de um modelo
Número 14 -  
Práticas municipais de inclusão da pessoa com deficiência no estado do Pará
Número 15 -  
Contribuições da Tecnologia Assistiva para a inclusão educacional na rede pública de ensino de Feira de Santana
Número 8 -  
Formação de professores para a inclusão Saberes necessários e percursos formativos
Número 9 -  
As propriedades do professor e do aluno com deficiência na utilização de recursos de comunicação alternativa em sala de aula comum
Número 16 -  
A comunicação construindo redes entre a escola e o aluno com surdocegueira
Número 17 -  
Salas de recursos multifuncionais: é possível um serviço “tamanho único” de atendimento educacional especializado?
livro 2.jpg
Apresentação

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) apresentam-se como promissoras para a implementação e consolidação de um sistema educacional inclusivo, pelas suas possibilidades inesgotáveis de construção de recursos que facilitam o acesso às informações, conteúdos curriculares e conhecimentos em geral, por parte de toda a diversidade de pessoas dentre elas as que apresentam necessidades especiais.

Número 18 -  
Inclusão da pessoa com deficiência no Ensino Superior: primeiras aproximações
Número 19 -  
Inclusão e preconceito na universidade: possibilidades e limites para estudantes com deficiência
Número 20 -  
Pessoas com deficiência no mercado de trabalho: um estudo da cultura organizacional
Número 21 -  
Educação e trabalho: temas a considerar para inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho
Número 22 -  
Universidade Estadual de Feira de Santana: trajetórias, desafios e proposições para a inclusão no ensino superior
Número 23 -  
O letramento de surdos em escolas especiais em Salvador, Bahia
Número 24 -  
Inclusão, ensino e pesquisa na Universidade Federal de Sergipe
Número 25 -  
Políticas de inclusão de alunos com deficiência e avaliação de desempenho: pontos e contrapontos

Naturalmente, a atuação dos professores, como agentes principais da promoção da educação inclusiva, merece atenção representando um desafio especial para as Universidades e gestores das instituições educacionais, na adoção de esforços coletivos para a compreensão acerca das TIC e sua aplicabilidade no âmbito educacional, quer seja na formação dos profissionais que atuam nesse contexto, quer seja nos recursos didático pedagógicos a serem utilizados na educação de pessoas com deficiência.

Clique na figura e
baixe o livro
Número 26  -  
Educação Especial, formação de professores e o uso das tecnologias de informação e comunicação: a construção de práticas pedagógicas inclusivas
Número 29 -  
Formação de professores para uma educação inclusiva mediada pelas tecnologias
Número 32 -  
Tecnologias assistivas e práticas pedagógicas inclusivas: deficiência visual
Número 27 -  
As tecnologias de informação e comunicação em tempo de educação inclusiva
Número 30 -  
Construção de ambientes digitais de aprendizagem: contribuições para a formação do professor
Número 33 -  
Altas habilidades / superdotação: processos de mediação com a utilização das tecnologias de informação e comunicação
Número 28 -  
Tecnología assistiva: favorecendo o desenvolvimento e a aprendizagem em contextos educacionais inclusivos
Número 31 -  
Tecnologia assistiva em práticas inclusivas para alunos com deficiência: experiência do NIEE/UFRGS
aula 01 - 2021 - plano de trabalho - INT
aula 01 - 2021 - plano de trabalho - INT
aula 02 - 2021 - plano de trabalho - TÓP
aula 04 - 2021 -  TÓPICO II - tipos de d
aula 03 - 2021 - plano de trabalho - TÓP
Atividades de avaliação da disciplina

AQUI VOCÊ ENCONTRA A LISTAGEM COM A PONTUAÇÃO DE CADA ALUNO CONFORME SUA MATRICULA.

PONTUAÇÃO E CONCEITO PARCIAL NA DISCIPLINA

SEGUE A AVALIAÇÃO ESCRITA PARA AQUELES QUE DESEJAREM FAZER. A ENTREGA DEVE SER ATÉ O DIA 23 DE JUNHO. NÃO SERÁ ACEITO O ENVIO A PARTIR DESSA DATA. 

AVALIAÇÃO ESCRITA 

A AVALIAÇÃO ESCRITA DEVE SER ENVIADA PARA O MESMO E-MAIL UTILIZADO PARA ENVIO DOS EXERCÍCIOS E RELATÓRIOS.